Torcida Palmeirense


 

Paulistão 2008


 4 x 1

 

Verdão goleia e se aproxima da classificação 

 

O Palmeiras entrou em campo neste domingo em Ribeirão Preto / SP com um tabu: 11 anos sem vencer o São Paulo pelo Campeonato Paulista. Mas o Alvi-Verde não só ganhou, goleou e alcançou a vice-liderança da competição.

A partida não foi fácil, com o gramado muito ruim, as duas equipes tiveram dificuldades para tocar a bola e criarem boas oportunidades de gol. Aos 38 minutos, o time do Morumbi marcou seu primeiro e único gol com Adriano, tocando de cabeça no canto do goleiro Marcos. O rival continuou pressionando, mas quem Marcou foi o Palmeiras, com um bleo gol de Kleber, que deu um belo corte no zagueiro e chutou no canto do goleiro.

No segundo tempo, Luxemburgo sacou Wendel e colocou Martinez no meio campo. O time tocou melhor a bole e pressionava o São Paulo, e aos 29 minutos, Junior cometeu pênalti em Valdívia, Denílson bateu e marcou o gol da virada. Daí em diante só deu Verdão, e o resultado foi mais dois pênaltis, Valdívia e Diego Souza fecharam a goleada e deixaram o time com um pé nas semi-finais do Paulistão.

 

Nota 10: Luxemburgo – fez substituições cruciais no jogo, o que ocasionou a grande goleada de sua equipe.

 

Nota 0: Choradeira rival – Após o jogo, dirigentes do São Paulo, crucificaram a boa arbitragem e tentaram mudar o foco da derrota do time do Morumbi.

 

Próximo jogo: Paulista x Palmeiras / sábado (22/03) – 18:10 hs / Jundiaí / SP

 



Escrito por Glauco Lopes às 20h06
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

Paulistão 2008

 

  1 x 0 

 

Valdívia garante mais uma vitória do Verdão sobre seu rival, e faz os corintianos chorarem.

 

 

O Palmeiras venceu o Corinthians domingo no Morumbi, e de quebra completou uma invencibilidade de 4 jogos sobre o rival e o melhor, não toma gols do “timinho” desde 2006.

A partida começou equilibrada com as duas equipes se estudando, e poucos lances de perigo ocorreram nos 20 primeiros minutos. A primeira oportunidade de gol foi do time da segundona, que assustou o goleiro Marcos com um chute cruzado. E foi só. A partir daí o Palmeiras dominou a partida e Diego Souza de cabeça, quase abre o placar para o Palestra, mas o goleiro Julio César tirou a bola em cima da linha.

No segundo tempo, o Palmeiras continuo buscando o ataque, e o Corinthians, preocupava-se apenas em se defender, o que fazia muito bem. Mas a boa defesa adversária não foi suficiente para segurar a estratégia de “Luxa”, que colocou Denílson e Kleber no ataque, e todo o talento de Valdívia. Aos 31 minutos Diego Souza deu um belo passe para Kleber, que chutou cruzado, o goleiro espalmou e a bola encontrou os pés do “El Mago” que marcou seu primeiro gol em clássicos. Em sua comemoração encenou uma choradeira que irritou a torcida “deles”.

Os quase 50 mil pagantes, assistiram uma vitória mais do que justa, e que o futebol hoje se rende aos pés de Valdívia, que com todas as suas polêmicas, conquista a cada dia os torcedores do Palmeiras, que aclamaram seu nome após o jogo.

Com a vitória o Verdão fica na 7ª colocação e encosta no G-4.

 

Nota 10: Valdívia - foi o melhor em campo com suas jogadas de habilidade, e na sua comemoração soube provocar os adversários sem polêmica e com muita criatividade.

 

Nota 0: Leandro – acertou poucos cruzamentos, e não soube aproveitar o espaço no lado esquerdo do campo.

 

Próximo Jogo: Bragantino x Palmeiras / domingo (09/03) / Bragança Paulista

 



Escrito por Glauco Lopes às 19h56
[   ] [ envie esta mensagem ]




Paulistão 2007

 4 x 1

Com show de Valdívia, Palmeiras ganha e sonha com classificação.

 

O Verdão entrou em campo contra o Juventus para espantar de vez o fantasma “Palestra Itália”, já que havia 6 jogos que o time não vencia em casa, e fez isso muito bem. Goleou o moleque travesso e ficou muito próximo do G-4.

 

O jogo: a derrota sofrida pelo Noroeste na semana passada, fez com que as desconfianças ao time voltasse. Mas a torcida palmeirense fez o seu papel e compareceu em bom publico ao Palestra. O Palmeiras iniciou a partida pressionando a equipe do Juventus, assim como queria o técnico Caio Jr. Aos 5 minutos de jogo Edmundo cobrou uma falta da intermediaria, o goleiro do Juventus bateu roupa e quase Osmar abriu o placar. Porém aos 13 minutos, o mesmo Osmar recebeu livre na entrada da área e só teve o trabalho de chutar pro fundo do gol.

O Verdão continuava pressionando e aos 25’ Valdívia chutou colocado, obrigando o goleiro fazer uma bela defesa. Aos 30 minutos, depois de uma dividida, Marcos infelizmente teve seu antebraço fraturado, e segundo os médicos do Palmeiras ficará fora por 2 meses. Diego Cavalieri entrou no seu lugar.

No segundo tempo o Palmeiras continuou tomando conta do jogo, mas após uma falta pela direita, Gian cabeceou e empatou a partida para o moleque travesso. Foi o suficiente para o medo se instalar de vez entre os torcedores e jogadores, mas desta vez foi diferente. Valdívia em tarde inspirada resolveu decidir o jogo, sofreu dois pênaltis, onde Edmundo os converteu com muita categoria, se tornando o artilheiro do Verdão no campeonato com 6 gols. E pra completar a festa, “El Mago” fez o quarto gol do Palmeiras pra alegria da torcida que gritou o seu nome até o final do jogo.

Com o resultado o Alvi-verde sobe para a 6ª colocação com 22 pontos e enconta no grupo do G-4.

 

Destaque da partida: Valdívia, que sofreu dois pênaltis e marcou o ultimo gol do Verdão, em uma bela jogada.

 

Próxima partida: Sertãozinho x Palmeiras / domingo (18/03) / Sertãozinho.

    



Escrito por Glauco Lopes às 23h13
[   ] [ envie esta mensagem ]




Brasileirão 2006

 3 x 1

Palmeiras vence azulão, e reconquista confiança da torcida.

 

A torcida do Palmeiras lotou o Palestra Itália para apoiar o time, que vinha de uma sonora goleada diante do Santos. E o apoio da torcida surtiu efeito. O Verdão venceu, e de quebra colocou o São Caetano na zona do rebaixamento.

 

O jogo: O São Caetano iniciou a partida pressionando o Palmeiras, e logo aos 2 minutos de jogo, Marcelinho acertou um belo chute, sem chances para o goleiro Diego Cavalieri.

O gol parece q acordou o time alvi-verde que foi com tudo pra cima. E aos 8 minutos Daniel acertou a cabeçada e empatou o jogo. Daí em diante o Verdão começou a tocar a bola com mais tranqüilidade e chegava com perigo ao gol do Azulão. Aos 17 minutos Edmundo chutou, o goleiro Mauro espalmou, Enilton recuperou a bola cruzou para Paulo Baier, que de cabeça marcou o gol da virada palmeirense.

O São Caetano começou a assustar o goleiro palmeirense, que fez ótimas defesas.

Logo depois, Enilton se machucou e teve que ser substituído por Marcinho.

Aos 39 minutos, Edmundo recebeu a bola, fez a finta no zagueiro e chutou pro fundo do gol, e com isso se tornou o artilheiro do palmeiras no campeonato.

No segundo tempo, o jogo caiu muito de rendimento. O Palmeiras perdeu sua referência no ataque, e para ajudar Marcinho perdeu vários gols e deu muitos passes errados, para irritação da torcida.

O Azulão teve a chance de diminuir o placar, mas Diego Cavalieri fechou o gol.

Com a vitória o Palmeiras sobe para a 11ª colocação, e fica a 5 pontos da zona de classificação para a Libertadores.

 

Destaque Palmeirense: Wendel foi o grande destaque do Palmeiras. Cobriu muito bem Paulo Baier, e teve muita raça.

 

Próximo jogo: Cruzeiro x Palmeiras / domingo (17/09) / Mineirão



Escrito por Glauco Lopes às 20h09
[   ] [ envie esta mensagem ]




Brasileirão 2006

 3 x 0

Verdão passeia no Palestra e completa nove jogos sem derrotas.

 

O Palmeiras não teve dificuldades para derrotar o Fluminense no Palestra Itália. Com um futebol impecável e uma marcação forte, o Verdão completou nove jogos sem derrotas no Campeonato Brasileiro. A ultima derrota da equipe foi no dia 4 de junho, contra o Atlético-PR.

 

O jogo: O Palmeiras iniciou a partida pressionando o time do Fluminense, e logo aos 7 minutos de jogo, Nem abriu o placar para o Verdão, depois de um cruzamento de Paulo Baier.

O jogo estava tão fácil, que o Alvi-Verde continuou dominando a partida, marcando a saída de bola do adversário, que mal atacava. Aos 24 minutos, Francis recebeu a bola no meio campo, foi fazendo fila até ficar de frente pro gol, e apenas dar um toque na bola para marcar o segundo gol, um verdadeiro golaço.

Diego Cavalieri fez apenas uma defesa no primeiro tempo, apenas assistiu a partida.

No segundo tempo, estava tudo igual, o Palmeiras pressionando e o Fluminense não conseguindo armar jogadas de ataque. Aos 21 minutos Juninho recebeu o passe de Chiquinho, que jogou muito bem, e marcou o terceiro gol palmeirense.

Enilton ainda teve uma chance de gol, que foi desperdiçada, o que também aconteceu com Roger.

Com a vitória, O Verdão chega aos seus 25 pontos e já entra na zona de classificação para a Sul-Americana.

 

Destaque Palmeirense: O destaque desta partida foi Juninho Paulista, que além de marcar o terceiro gol, teve muita raça e foi bem em todas as jogadas que participou.

 

Próximo jogo: Ponte Preta x Palmeiras/ domingo (27/06)/ Campinas

 

Tsunami Verde: Atenção Palmeirense, dia 26 é o Aniversário do Verdão, e para homenagear o Campeão do Século, vamos todos sair nas ruas com a Camisa do Palmeiras, provocando assim uma verdadeira “Tsunami Verde”. Não custa nada, depende só de nós, vamos mostrar a todos que somos a torcida mais apaixonada do Brasil.       



Escrito por Glauco Lopes às 22h25
[   ] [ envie esta mensagem ]




Brasileirão 2006

 1 x 3

Com show de Enilton, Palmeiras vence mais uma e continua subindo na tabela.

 

O Verdão conseguiu no Maracanã sua quinta vitória depois da Copa do Mundo, e já completa seis jogos sem perder. E o melhor de tudo, é que se afastou da zona do rebaixamento, e já está perto da zona de classificação para a Copa Sul-americana.

 

O jogo: A partida começou bem corrida, com o Palmeiras partindo um pouco mais pro ataque, mas tinha dificuldades de encaixar o passe final. Mas logo aos 11 minutos, Juninho deu um passe perfeito para Enilton, que chutou cruzado, e abriu o placar a favor do Alvi-Verde.

Nem deu tempo dos palmeirenses comemorarem, e Marcelinho recebeu a bola livre, partiu pro ataque e só teve o trabalho de tocar pro fundo do gol, empatando a partida.

Depois disso as duas equipes se preocuparam apenas em marcar, e o jogo começou a cair de produção. Aos 36 minutos, depois de um lançamento, Enilton acompanhou a bola, que ficou “pingando” em direção ao gol, empurrou o zagueiro do Botafogo, que acabou trombando com o goleiro Lopes, e a bola sobrou para o próprio Enilton que marcou seu segundo gol na partida. Os jogadores do Botafogo reclamaram bastante com juiz com o empurrão de palmeirense, mas o árbitro nada marcou além do gol.

No segundo tempo, Alvi-Negro carioca voltou com tudo, atacando o Palmeiras, que só se defendia. Diego Cavalieri fez pelo menos duas defesas difíceis evitando o gol de empate. Mas Enilton estava impossível. Recebeu a bola no meio campo, e foi passando pelos jogadores do Botafogo até chegar a linha de fundo, ai fez a finta de novo, entrou na área e tocou para Paulo Baier que chutou para o gol marcando o terceiro gol e liquidando de vez com os cariocas.

Vale a pena destacar também a boa estréia de Dininho, que deu mais tranqüilidade para a zaga do Verdão, e a de Valdívia, que entrou aos 39 minutos e mostrou muita habilidade com a bola.

O Palmeiras agora soma 20 pontos e se aproxima da zona de classificação da Sul-americana.

 

Destaque Palmeirense: Enilton foi o grande destaque da partida. Fez dois gols e ainda fez a fila e deu o passe para Paulo Baier marcar o terceiro gol.

 

Próximo jogo: Palmeiras x Juventude / quinta-feira (17/08) / Paléstra Itália



Escrito por Glauco Lopes às 18h33
[   ] [ envie esta mensagem ]




Brasileirão 2006

 0 x 0

Heróico, Verdão consegue empate com Fortaleza.

 

Não foi o jogo de encher os olhos do torcedor palmeirense, mas vale ressaltar a garra e a luta do time do Palmeiras, pois com dois jogadores a menos, conseguiu arrancar um empate com o Fortaleza fora de casa. Além disso, fez com que seu rival continuasse na lanterna do campeonato.

 

O jogo: O Fortaleza mandou praticamente no jogo inteiro, buscando o gol em todos os momentos, já o Palmeiras limitou-se apenas em se defender. Nas raras vezes que avançava para o ataque, o Alvi-Verde pouco assustava o time adversário.

Diego Cavalieri fez uma excelente partida, e com ótimas defesas permitiu que o primeiro tempo acabasse empatado.

No segundo tempo pouca coisa mudou, o Fortaleza continuou pressionando o Palmeiras, que só se defendia. A situação começava a se complicar ainda mais, com a expulsão de Marcinho Guerreiro, que infantilmente, chutou o jogador adversário que estava caído no gramado. Daí Tite foi obrigado a tirar seu único atacante para colocar Francis, que entrou bem e ajudou na marcação.

O Palmeiras ainda teve mais um jogador expulso, Daniel, que jogou a bola longe, quando o juiz paralisou a jogada e pediu a bola. A partir daí o Verdão teve que ser Heróico e ter muita raça para segurar o empate. Juninho Paulista até teve a chance de colocar o Palmeiras na frente, depois de uma bela jogada, mas acabou finalizando errado.

Com o empate o Palmeiras continua fora da zona de rebaixamento e já pensa um pouco mais alto no campeonato.

 

Destaque do jogo: Diego Cavalieri foi o grande destaque, com defesas extraordinárias. Ajudou a segurar o empate.

 

Próximo jogo: Botafogo x Palmeiras / domingo (13/08) / Rio de Janeiro   



Escrito por Glauco Lopes às 22h47
[   ] [ envie esta mensagem ]




Brasileirão 2006

 4 x 2

Palmeiras deixa a zona de rebaixamento, com direito a goleada.

 

O Verdão continua arrasador após a Copa do Mundo, sua vitima agora foi o Paraná, que chegou a assustar, mas não conseguiu segurar a raça Palmeirense.

A boa fase do time fez com que 23 mil pagantes comparecessem ao Palestra Itália, que apoiaram a equipe até o ultimo minuto de jogo.

 

O jogo: A partida teve inicio com o Paraná assustando o verdão, com um chute na trave. Porém o Palmeiras logo tomou conta da partida e a ameaçar o time paranaense.

Mesmo com domínio da partida, o Alvi-verde teve dificuldades para armas suas jogadas, por causa do forte poder de marcação do time adversário. Aos 31 minutos, depois de um bate-rebate na área, a bola sobrou para Enilton que aproveitou a chance e abriu o placar para o Palmeiras.

No segundo tempo o Paraná voltou melhor, mas quem marcou foi o Verdão com Edmundo, que recebeu a bola na grande área e só teve o trabalho de empurrar pro fundo do gol. Parecia um jogo fácil, e já dava pinta de uma goleada tranqüila, mas não foi bem assim. Aos 26 minutos o jogador paranaense invadiu a área e foi empurrado por Alceu, o juiz marcou o pênalti, que Emerson cobrou e converteu.

Logo depois Ângelo fez fila na zaga palmeirense e acertou um belo chute no gol, empatando a partida, para desespero da torcida alvi-verde. Dois minutos depois, Michael fez uma bela jogada no meio campo, tocou para Paulo Baier na direita, ele cruzou pra área e Roger, que tinha entrado no lugar de Enilton, fez o terceiro gol do Verdão.

O Paraná assustou mais uma vez, mas Diego Cavalieri estava lá para impedir mais um gol de empate. Aos 41’ o juiz marcou uma falta para o Palmeiras, pouco depois do meio campo, Alceu, que era alvo de criticas pela torcida, soltou a bomba e marcou um golaço, no ângulo. Logo depois teve outra falta, no mesmo lugar. Alceu bateu novamente, só que dessa vez a bola passou raspando a trave.

O Palmeiras conseguiu sua quarta vitória consecutiva, e de quebra deixou a zona de rebaixamento, para a alegria dos palmeirenses que lotaram o Palestra Itália.

 

Destaque do Palmeiras: Edmundo, que fez um primeiro tempo regular, mas na etapa final, fez o gol e comandou o time para sua quinta vitória no campeonato. Ele é o artilheiro do Verdão no campeonato com 5 gols marcados.

 

Destaque do mês de Julho: O destaque do mês também foi o “animal”, que por duas vezes foi considerado o destaque do jogo. Mas não podemos esquecer de Paulo Baier, que com o novo esquema do tite, o 3-6-1, voltou a jogar o futebol que jogava no Goiás.

 

                                                          

Próximo jogo: Fortaleza x Palmeiras / domingo (06/08) / Fortaleza



Escrito por Glauco Lopes às 10h50
[   ] [ envie esta mensagem ]




Brasileirão 2006

 1 x 3 

Verdão vence fora de casa, e deixa rival na lanterna.

 

O Palmeiras venceu a sua terceira partida consecutiva, e de quebra empurrou o seu maior rival para a lanterna do campeonato. A vitória diante do Goiás, deixou o time muito mais tranqüilo, já que agora vê a chance de sair da zona do rebaixamento na próxima rodada, se vencer o Paraná no Palestra Itália.

 

O jogo: A partida começou bem movimentada, com os dois times buscando o gol. E logo nos primeiros minutos, o Alvi-verde quase abriu o placar com Enilton, que chutou rasteiro no canto, mas o zagueiro tirou em cima da linha.

O Goiás não se intimidou com os ataques do Palmeiras, e respondeu aos 10 minutos, quando Souza apareceu livre na área, mas Diego Cavalieri abafou o lance. O Palmeiras teve dificuldades de armar suas jogadas, já que seus principais jogadores Edmundo e Juninho,  sofriam com a marcação dos adversários.

Aos 13 minutos, Edmundo cobrou a falta, o goleiro Harlei não segurou e Nem aproveitou o rebote para marcar o primeiro gol palmeirense. Mas nem deu tempo de comemorar. Depois de uma bobeira geral da zaga alvi-verde, Souza entrou na área e marcou o gol de empate. Aos 22 minutos, o Goiás quase virou o jogo, mas Souza chutou pra fora.

No final do primeiro tempo, Paulo Baier cobrou uma falta com perfeição, e marcou o segundo gol palmeirense.

No segundo tempo o Goiás tentou pressionar o Palmeiras, mas não conseguia “furar” o sistema defensivo dos adversários. Aos 14 minutos,  Wendel entrou na área, tocou para Enilton que foi derrubado e o juiz marcou a penalidade. Na cobrança Edmundo chutou forte no canto esquerdo, marcando o seu quarto gol no campeonato.

Daí em diante, o Goiás bem que tentou diminuir o placar, mas não conseguiu. Graças as boas defesas de Diego Cavalieri e dos zagueiros palmeirenses.

Com o resultado o Palmeiras soma 13 pontos ganhos e ocupa a  17ª colocação.

 

Destaque Palmeirense: Paulo Baier foi o destaque, marcando um belo gol de falta, e sendo o símbolo da raça palmeirense.

 

Próximo jogo: Palmeiras x Paraná / sábado (29/07) / Paléstra Itália

  



Escrito por Glauco Lopes às 12h39
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

Brasileirão 2006

 1 x 0

Palmeiras vence o clássico, e afunda rival na crise.

 

O Verdão parece que afastou a crise de vez, vencendo o Corinthians/MSI no Morumbi.
Com o novo esquema adotado por Tite, o 3-6-1, o time melhorou a marcação, e tornou o ataque muito mais veloz.

 

O jogo: A partida começou com São Marcos sentindo uma contusão, depois de uma dividida com Rafael Moura. Com a lesão, o goleiro teve que ser Substituído por Diego Cavalieri que entrou, e deu conta do recado.

Quando a partida recomeçou, o Corinthians obtinha mais a posse de bola, porém seu ataque era pouco eficiente, graças a boa marcação dos defensores Alvi-verdes. O ataque do Palmeiras também teve dificuldades por causa da falta de habilidade de Alex Afonso, que depois de uma bela jogada de Juninho, recebeu a bola na entrada da área, dominou mal e permitiu a defesa fácil de Silvio Luiz.

A partir dos 25 minutos o Verdão começou a dominar a partida , e depois de um lateral cobrado por Paulo Baier, Alex Afonso cabeceou para o meio da área e Nem deu a cabeçada para fora. Mas aos 44’ Edmundo fez um belo passe para Paulo Baier, que estava em posição legal na área, e só teve o trabalho de tocar para o fundo do gol.

No segundo tempo, o Palmeiras se retrancou um pouco e permitiu q a posse de bola ficasse mais tempo com os rivais. Só que mais uma vez a pouca criatividade do Corinthians facilitou a marcação palmeirense. O Alvi-verde explorou os contra-ataques, e mesmo não tendo tanto volume de jogo, dominava a partida com autoridade.

No final da partida o Palmeiras pôde até ampliar o placar com Marcinho e com Paulo Baier, mas ambos finalizaram mal, um chutando na mão do goleiro, e outro para fora do gol.

 

Com a vitória, o Verdão soma 10 pontos no campeonato, afasta a crise e de quebra, afunda os rivais ainda mais.

 

Destaque Palmeirense: Edmundo, que mais uma vez jogou muito bem, chamou a responsabilidade pra si no jogo e deu o passe para o gol de Paulo Baier.

 

 

Próximo jogo: Goiás x Palmeiras / domingo (23/07) / Serra Dourada - GO

 



Escrito por Glauco Lopes às 18h41
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

Brasileirão 2006

 4 x 2

Verdão goleia o Vasco e anima a torcida.

Bom pessoal, estive sem tempo de postar nesses últimos meses, mas agora o blog volta a todo vapor, com novidades e mais análises dos jogos do Palmeiras.

Na volta do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras voltou a vencer após 4 derrotas seguidas, e já demonstra uma evolução no seu futebol. A goleada contra o Vasco no Paléstra Itália deixou o torcedor palmeirense bem animado quando ao futuro do time. Jogadores como Paulo Baier e Alceu, que eram constantemente criticados pela torcida, até que jogaram bem. 
Marcos voltou ao time depois de quase 5 meses fora, e deu toda a segurança no gol do Verdão. Mas quem voltou bem mesmo foi Juninho Paulista, que apesar de não ter feito nenhum gol, foi fundamental na vitória palmeirense.

O jogo: Quando a bola rolou, todos já percebiam o domínio do Palmeiras no jogo. O Verdão começou pressionando o Vasco desde o primeiro minuto, e logo aos 11 minutos Daniel, de cabeça, abriu o placar.
O Vasco chegou ao gol de empate aos 15', com um belo gol de Ives, chutando de fora da área sem chances para São Marcos. Porém os cariocas nem tiveram tempo de comemorar, porque um minuto depois Edmundo fez o segundo do Verdão, depois de uma roubada de bola de Juninho, que cruzou para "animal" marcar.
Mas o Vasco empatou novamente o jogo aos 32', com um gol contra de Wendel. Só que Edmundo estava impossível, e depois de nova falha da zaga vascaína, ele marcou o seu segundo gol na partida e comemorou como nunca.
No segundo tempo o Verdão deu uma diminuída no ritmo e começou a tocar mais a bola. Mas ainda dava tempo para mais um gol, e foi dos pés de Enilton que saiu o quarto gol Alvi-Verde, depois de uma bela jogada de Juninho.
Com a goleada o time fez as pazes com a torcida, que apoiou durante o jogo inteiro, e de quebra acabou com um jejum de 4 jogos sem vencer.

O Palmeiras continua na zona de rebaixamento, mas com futebol apresentado a torcida pode ter muitas esperanças, afinal ainda faltam 27 jogos.

Craque Palmeirense: Juninho Paulista, que voltou e foi fundamental na vitória palmeirense.

Todo jogo será eleito o craque Palmeirense, e no final do mês quem acumular mais votos será eleito o "Craque do Mês".

Próximo jogo: Palmeiras x Corinthians-MSI / domingo (16/07) / Morumbi 

 

 

 

 



Escrito por Glauco Lopes às 19h22
[   ] [ envie esta mensagem ]




Taça Libertadores da América

 1 x 2

Na Raça!!

Verdão vence fora de casa e está classificado para as oitavas de final.

Olha eu aqui de volta. Passei alguns meses sem postar pois não tive tempo, mas vamos lá falar do Alvi-Verde Imponente!!!
Na ultima terça-feira o Palmeiras venceu o Atlético Nacional da Colômbia fora de casa, e se classificou para as oitavas de final da Libertadores, com uma rodada de antecedência.
O jogo foi complicado, com o time da casa pressionando o Verdão no começo do jogo, mas logo aos 12 minutos, Correa de falta marcou o primeiro gol, com a ajudinha do goleiro que só ficou olhando a bola entrar. E quando todos achavam que o Palmeiras iria segurar o resultado, o time surpreendeu, atacando constantemente e metendo duas bolas na trave. Até que Leonardo Silva marcou o segundo gol do Verdão, calando os torcedores que lotaram o estádio.
No segundo tempo a pressão foi total do Atlético Nacional, e numa noite de gala, Sérgio fechou o gol fazendo ótimas defesas. Até que aos 49' o Atlético marcou o seu gol, mas ai já era tarde.
Com a vitória o Palmeiras se isolou na liderança do grupo 7 e garantiu a classificação.

Próximos jogos: Santo André x Palmeiras / domingo (09/04)- Paulistão 2006
                             Palmeiras x Cerro Ponteño (PAR) / quinta (13/04)- Libertadores

Destaque da Partida: Sérgio foi o grande destaque com uma atuação impecável.

 

 

 



Escrito por Glauco Lopes às 13h31
[   ] [ envie esta mensagem ]




Paulistão 2006

 1 x 2  

Verdão vence a quarta seguida e mantém a liderança isolada.

O Palmeiras foi a Mogi Mirim enfrentar o time da casa, e voltou com mais uma vitória na bagagem. Além de se manter 100% na competição, o time quebrou um tabu que existia desde 1996, ao vencer quatro partidas consecutivas.
No primeiro tempo o Verdão não jogou bem, errando vários passes e nem conseguia chutar ao gol. o primeiro chute a gol do Palmeiras aconteceu no final da etapa inicial, e mesmo assim passou bem longe da meta. Já o Mogi, jogava melhor e mesmo assim não dava perigo ao Marcos.
No segundo tempo o time voltou melhor e logo no início, Edmundo marcou um gol "alá" Maradona, colocando a mão na bola que entrou no gol, a princípio, o juiz validou o gol, mas voltou atrás depois que o bandeirinha, que foi avisado por um jornalista que o gol foi com a mão, o avisou. Uma polêmica que gerou discussão depois do jogo. Mas logo depois Paulo Baier marcou o gol do Verdão, para a alegria da galera palmeirense.
O Palmeiras ainda perdeu Marcinho Guerreiro expulso, depois de uma falta no meio do campo. Aos 19 minutos, Marcinho marcou o segundo gol do Palmeiras, numa cobrança de pênalti, indefensável para o goleiro.
Daí em diante o Verdão só se defendeu, e com isso passou a ser pressionado pelo time da casa, que aos 37' diminuiu com Dinei.
E foi só, o Palmeiras conquistou a quarta vitória consecutiva, manteve o 100% de aproveitamento e a liderança isolada na competição com 12 pontos.

Destaque do jogo: O destaque do jogo na minha opinião foi Paulo Baier, que vem crescendo muito de produção a cada jogo que passa, além de ter marcado um belo gol de cabeça.

Próximo jogo: Palmeiras x Deportivo Táchira(VEN) / Libertadores 2006/ quarta-feira (25/01) / Palestra Itália.

    

 



Escrito por Glauco Lopes às 16h03
[   ] [ envie esta mensagem ]




Paulistão 2006

 1 x 0

Palmeiras vence São Bento e continua 100% no Paulistão.

Mais uma vez a torcida palmeirense lotou o Parque Antártica, mais de 23 mil pagantes acompanharam a vitória do Verdão sobre o São Bento, e voltaram para a casa felizes da vida, pois o gol do verdão foi marcado por Edmundo.
O jogo começou e o Palmeiras ja foi todo pro ataque tentar abrir o placar, e logo aos 9 minutos, Enilton sofreu pênalti e a torcida já gritava o nome de Edmundo para cobrar a penalidade. E foi o que aconteceu, o "animal" cobrou e marcou o seu primeiro gol em 2006, para a alegria da nação Alvi-Verde.
O que parecia ser um jogo fácil acabou ficando difícil, pois o ataque palmeirense começou a perder muitos gols, e deixando a partida cada vez mais dramática.
No segundo tempo o jogo ficou muito equilibrado, ainda mais depois de Enilton perder um gol incrível que atacante nenhum deveria perder, recebeu a bola de Paulo Baier, ficou frente-a-frente com o goleiro, e conseguiu chutar para fora, o que ocasionou irritação na torcida.
No final do jogo o São Bento pressionou o Palmeiras, mas não conseguiu marcar o gol.
Depois desse resultado o Verdão já soma 9 pontos ganhos e se isolou na liderança do Campeonato Paulista.

Destaque do jogo: Edmundo foi o grande destaque da partida, por ter marcado o seu primeiro gol desde a sua volta ao Palmeiras, e por também dar vários passes milimétricos que Marcinho e Enilton não souberam aproveitar.

Próximo jogo: Mogi Mirim x Palmeiras / domingo (22/01) / Mogi Mirim

    



Escrito por Glauco Lopes às 22h49
[   ] [ envie esta mensagem ]




Paulistão 2006

 1 x 2

Palmeiras vence mais uma de virada e assume a liderança do Paulistão.

O Verdão foi a Marília enfrentar o time da casa, mas teve outro adversário em campo, o calor. No decorrer do jogo a temperatura média foi de 35 graus.
O jogo começou com o Palmeiras tentando pressionar o time do Marília, mas parava na boa marcação da equipe. Com esquema tático meio confuso do time do Verdão, o MAC aproveitou e começou a tomar conta do jogo, dando trabalho para o goleiro Marcos. Até que no finalzinho do primeiro tempo, Bruno, ex-Palmeiras, marcou o primeiro gol a favor do time da casa, em uma bobeada da zaga do Verdão.
No segundo tempo Leão mexeu no time, fazendo as mesmas substituições do jogo passado, colocando Correa, Ricardinho e Washington, nos lugares de Amaral, Cristian e Edmundo. O time melhorou e foi para cima do Marília. Até que aos 23 minutos Correa marcou o gol de empate do Palmeiras numa bela cobrança de falta. Logo depois Ricardinho fez uma bela jogada e passou a bola para Washington fazer o gol da virada palmeirense.
Com esse resultado o Verdão assume a liderança ao lado do Noroeste de Bauru com 6 pontos ganhos.

Destaque do jogo: O destaque fica com Marcinho Guerreiro que foi fundamental na marcação, desarmando várias jogadas do time adversário.

Próximo jogo: Palmeiras x São Bento / quarta-feira (18/01) / Paléstra Itália


  



Escrito por Glauco Lopes às 19h19
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Pirituba, Homem, de 15 a 19 anos, Portuguese, Esportes, Música
MSN - glaukinho1@hotmail.com
Histórico
  01/03/2008 a 31/03/2008
  01/03/2007 a 31/03/2007
  01/09/2006 a 30/09/2006
  01/08/2006 a 31/08/2006
  01/07/2006 a 31/07/2006
  01/04/2006 a 30/04/2006
  01/01/2006 a 31/01/2006
  01/12/2005 a 31/12/2005
  01/11/2005 a 30/11/2005
  01/10/2005 a 31/10/2005
  01/09/2005 a 30/09/2005
  01/08/2005 a 31/08/2005
  01/07/2005 a 31/07/2005
  01/06/2005 a 30/06/2005
  01/05/2005 a 31/05/2005
  01/04/2005 a 30/04/2005
  01/03/2005 a 31/03/2005


Outros sites
  Academia Alvi-Verde
  Análise Futebolística
  Atlético-MG
  Bardock Online
  Blog do Cruzeiro
  Blog do Grêmio
  Blog do Juventude
  Camisa 10
  Cyres futebol and business
  Eu sou Vitória
  Flamengol
  Futebol acima de tudo
  Futebol Irado
  Futebol uma paixão
  lokocolorado
  Olé dos Críticos
  Paixão PB
  Palmeiras todo dia
  Paraná Clube
  Ponto Verde
  Protesto Tricolor
  Site do Palmeiras
  Tribuna Colorada
  Tricologer
  Viva Palmeiras
Votação
  Dê uma nota para meu blog